Sociedade,
Saúde e Segurança
Meio Ambiente
Ética e Integridade
Sociedade

Ampliando a visão sobre a maneira de pensar, gerir e fazer negócios, a Hydria vem buscando a cada dia internalizar práticas de sustentabilidade, as quais incluem a valorização do ser humano por meio de ações que visam a melhoria da educação, cultura, saúde e infraestrutura para seus colaboradores. Como exemplo, temos projetos em implantação ou já implementados nas usinas, tais como a academia ao ar livre, a biblioteca corporativa, a sala de internet e a sala de TV para mulheres.

Entendemos que as variáveis sociais e ambientais exigem um engajamento de lideranças e colaboradores por meio do alinhamento dos valores pessoais com os valores da companhia, fato este que requer esforço para uma mudança de comportamento. Um dos instrumentos adotados pela Hydria para auxiliar nesta mudança é o projeto de Contação de Histórias com temas sócio ambientais, por meio do qual o colaborador se conecta e absorve com mais eficácia a nossa cultura.

Consumidores, acionistas, investidores e instituições financeiras exigem altos padrões de sustentabilidade nos negócios. Assim, para a Hydria, sustentabilidade não é modismo ou marketing, é visão sistêmica de comprometimento a longo prazo.

Saúde e Segurança

Somos comprometidos com a Saúde e a Segurança em todas as etapas das nossas atividades. Consideramos o coletivo, a diversidade, a equidade, o respeito humano, o trabalho justo, o meio ambiente e a qualidade de vida. Nosso comprometimento se resume em:

  • Atuar preventivamente, direcionando caminhos que proporcionem segurança e confiabilidade aos processos;
  • Identificar, gerenciar, eliminar e/ou minimizar os riscos significativos à Saúde e Segurança de seus colaboradores, prestadores de serviços e público em geral;
  • Trabalhar em conformidade com as leis e regulamentações aplicáveis à Saúde e Segurança do trabalhador;
  • Manter a melhoria contínua, eliminando perdas materiais, gerenciais ou pessoais.
Meio Ambiente

A Hydria acredita na constante melhoria das condições de trabalho e do meio ambiente, no uso racional e sustentável dos recursos naturais, visando benefícios a todas as gerações, suprindo de forma adequada a demanda de seu produto. Reconhecendo que as pessoas e o ambiente em que a empresa atua constituem a sua maior riqueza e que, dessa forma, devem ter tratamento prioritário em sua Política de Gestão Integrada, compromete-se em:

  • Atuar na melhoria das condições de trabalho e do ambiente, por meio da prevenção da poluição ambiental e de ações preventivas em relação a biodiversidade local, de lesões e doenças ocupacionais, do aperfeiçoamento do conhecimento, na melhoria dos processos tecnológicos, garantindo o uso racional de recursos naturais e o controle efetivo dos riscos ocupacionais e dos aspectos ambientais;
  • Cumprir com os requisitos legais aplicáveis e demais compromissos voluntários assumidos pela organização que se relacionem com as questões ambientais e de saúde e segurança do trabalho;
Proteger a vida selvagem

Avifauna, Mastofauna e Ictiofauna são monitorados nas campanhas patrocinadas pela Hydria e confirmam o convívio harmônico entre as PCHs e o meio ambiente.

hydria fauna

A avifauna da bacia do Alto Juruena, onde se encontram localizadas as PCHs Cidezal, Sapezal, Parecis, Rondon e Telegráfica, é bastante diversa, com espécies típicas de Cerrado e Amazônia, sendo registrado em torno de 300 espécies ao longo do trecho das PCHs. Entre essas espécies se destaca o tiê-bicudo (Conothraupis mesoleuca), uma das aves menos conhecidas do Brasil. Esta espécie foi descrita em 1939 e só foi redescoberta em 2003 no Parque nacional das Emas em MG, ficando sem registros por décadas. Através dos estudos na área de influência direta realizados durante a instalação e operação das 05 PCHs, novos registros dessa espécie foram obtidos e suas populações vêm sendo acompanhadas ao longo das áreas de influência das usinas em operação no rio Juruena.

A mastofauna de médio e grande porte na região da área de influência das PCHs Cidezal, Sapezal, Parecis, Rondon e Telegráfica é marcada pela presença de espécies raras e indicadoras de qualidade ambiental como a Onça-pintada (Panthera onca), o Tatu-canastra (Priodontes maximus), o Queixada (Tayassu pecari), o Tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla), o Lobo-guará (Chrysocyon brachyurus) e a Anta (Tapirus terrestris). Outra característica importante dessa fauna na região é que ela pode ser considerada como uma fauna de transição entre os biomas Cerrado e a Amazônia, onde espécies exclusivas do Cerrado como o Lobo-guará (Chrysocyon brachyurus), a Raposinha-do-campo (Lycalopex vetulus) e a Mucura-de-orelhas-brancas (Didelphis albiventris) ocorrem geograficamente junto com espécies tipicamente amazônicas, como o Tatu-quinze-quilos (Daspypus beniensis) e a Mucura-de-orelhas-pretas (Didelphis marsupialis) que chegam até o Cerrado através das “pontes” de florestas formadas pelas matas ao longo dos rios e córregos que adentram o Cerrado na região da Bacia do Alto Juruena.

O Programa de Monitoramento da Ictiofauna tem como objetivo a caracterização da comunidade de peixes presentes no rio Juruena ao longo da área de influência direta e indireta das PCHs Cidezal, Sapezal, Parecis, Rondon e Telegráfica, para que possam ser estabelecidos padrões comparativos desta comunidade (composição, abundância, estágios de desenvolvimento) com o processo de implantação e operação dos empreendimentos.

Foram realizadas desde o início da construção das 05 PCHs até a atual a fase de operação das usinas 26 campanhas de monitoramento de ictiofauna, sendo 10 na fase de instalação e 16 na atual fase de operação. Os resultados demonstram que a composição taxonômica e atributos biológicos da comunidade de peixes está estabilizada, o que garante a continuidade dos recursos pesqueiros da área de influência das PCHs.

Através das campanhas se observa que a fauna de peixes não é muito rica em função do baixo índice de nutrientes e elevado grau de acidez do rio Juruena, uma característica naturais da qualidade da água deste rio. Nas PCHs Cidezal, Sapezal e Parecis as espécies mais abundantes são: Pacu-borracha (Utiaritichthys esguiceroi) e Lambaris ou piabas (Bryconamericus aff. Novae, Moenkhausia phaeonota, Moenkhausia sp. 1). Já na região de influência das PCHs Rondon e Telegráfica as espécies mais abundantes são: Lambaris ou piabas (Bryconops sp. B, Jupiaba acanthogaster, Hyphessobrycon sp), Pacu-borracha (Utiaritichthys esguiceroi) e piau três pintas (Leporinus friderici).

Uma água cada vez mais limpa

Na área de influência das 5 PCHs, a Hydria já realizou até o momento 15 campanhas de monitoramento da qualidade de água. Destaca-se nas análises a manutenção da sua qualidade como Boa e/ou Ótima, demonstrando que durante a construção e operação das PCHs as medidas de controle ambiental possibilitaram a manutenção da sua qualidade. O sistema é formado predominantemente por água ácida, com baixas concentrações de nutrientes.

A natureza vive a vida dela

O Programa de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD) tem como objetivo recuperar as áreas utilizadas no período da construção como jazidas de cascalho e argila, assim como, áreas de canteiros obras das PCHs Cidezal, Sapezal, Parecis, Rondon e Telegráfica. O programa consiste em recuperar as áreas com plantio de espécies nativas de árvores. O programa de recuperação de áreas degradadas é uma importante atividade para garantir a proteção da biodiversidade do local das usinas.

A Gestão de Resíduos tem como objetivo minimizar os riscos de contaminação do solo e dos corpos d’água, além do tratamento e disposição adequados dos resíduos sólidos gerados na operação e manutenção das PCHs Cidezal, Sapezal, Parecis, Rondon e Telegráfica. Tem como objetivos específicos priorizar a reutilização ou reciclagem dos resíduos; minimizar o consumo de recursos naturais; minimizar liberações para o meio ambiente resultante das atividades; providenciar a destinação adequada dos resíduos remanescentes; conscientizar os colaboradores e demais envolvidos para com as questões ambientais. O programa de resíduos sólidos é um programa permanente que garante a manutenção da qualidade de água, do solo e saúde dos trabalhadores na área de influência das 05 usinas.

Ética e Integridade

Os valores de uma empresa devem ser a base de nossas condutas e comportamentos diários. Os compromissos de conduta deste código foram construídos com base em nossos valores, além de boas práticas de nossa indústria, e preceitos legais. Assim, toda vez que estivermos com problemas éticos ou com frente a decisões difíceis, devemos nos conduzir em conformidade com nossos valores e os compromissos de conduta detalhados neste documento.

Canal de Denúncia

O Comitê de Ética incentiva o registro de eventuais denúncias em nossos canais de denúncias, que podem ser acessados por: Através do link abaixo.

Políticas
Código de Conduta e Ética
BAIXAR
Politica Anticorrupção e Antifraude
BAIXAR
Politica de Avaliação de Fornecedores
BAIXAR
Politica de Brindes Presentes
BAIXAR
Politica de Consequências e Medidas disciplinares
BAIXAR
Politica de Recepção e Tratamento de Denúncias
BAIXAR
Privacidade e Proteção de Dados

Para questões de privacidade, fale com nosso Encarregado de Dados: Alexandre Maver

(11) 98702-8000

dpo@hydriaenergia.com.br